Diário Fotográfico #19

Imagem, letra e música falam por si só! 

A nossa triste realidade. 

 

Enquanto a violência acabar com o povão da baixada
E quem sabe tudo disser que não sabe de nada
Enquanto os salários morrerem de velho nas filas
E os homens banirem as leis ao invés de cumpri-las
Enquanto a doença tomar o lugar da saúde
E quem prometeu ser do povo mudar de atitude
Enquanto os bilhetes correrem debaixo da mesa
E a honra dos nobres ceder seu lugar à esperteza.

Não tem jeito não.
Só com muito amor a gente muda esse país
Só o amor de Deus pra nossa gente ser feliz
Nós os filhos Seus temos que unir as nossas mãos
Em nome da justiça, por obras de justiça
Quem conhece a Deus não pode ouvir e se calar
Tem que ser profeta e sua bandeira levantar
Transformar o mundo é uma questão de compromisso
É muito mais e tudo isso.

Enquanto o domingo ainda for nosso dia sagrado
E em Nome de Deus se deixar os feridos de lado
Enquanto o pecado ainda for tão somente um pecado
Vivido, sentido, embutido, espremido e pensado
Enquanto se canta e se dança de olhos fechados
Tem gente morrendo de fome por todos os lados
O Deus que se canta nem sempre é o Deus que se vive,
não
Pois Deus se revela, se envolve, resolve e revive
Não tem jeito não, não tem jeito não.







Diário Fotográfico #18

Noite boa meus amores...



Legenda para a foto de hoje: O Espírito Santo é a fonte da vida transbordante (João 7:37-39).



Diário Fotográfico #17

Boa noitinhaa amoress!  Que saudade daqui! 

A foto do nosso diário de hoje é resultado de uma amizade gostosa, feito livro e café!  Larutynha essa é pra você!


Foto: Lore Sampaio
Edição: Laruty Brandão (participação mais que especial!)

Smile - Nat King Cole

E mesmo quando a dor te machucar, sorria!



Diário Fotográfico #16

Para acompanhar a foto de hoje, deixo pra vocês o poema DAME LA MANO de Gabriela Mistral, fantástica poetisa chilena. Foi a primeira figura literária feminina a ganhar o Prêmio Nobel no continente americano.

DAME LA MANO


Dame la mano y danzaremos;

dame la mano y me amarás.
Como una sola flor seremos,
como una flor, y nada más.



El mismo verso cantaremos,

al mismo paso bailarás.
Como una espiga ondularemos,
como una espiga, y nada más.



Te llamas Rosa y yo Esperanza;

pero tu nombre olvidarás,
porque seremos una danza
en la colina, y nada más.

Diário Fotográfico #15

 

"É ótimo quando nos damos conta que ainda temos a habilidade de surpreendermos a nós mesmos."

Diário Fotográfico #14



Olá meus amorinhos,

O diário de hoje é resultado de uma noite sem o que fazer, depois uma tentativa frustrada de se maquiar e um batom rosa. (hihihihi...) Depois das fotos tiradas, fui acessar um blog que eu sou apaixonada, o da Melina. Uma fofura que só! E lá, ela ensina a fazer um stop motion - todo o vídeo que vocês vão ver junto com post de hoje, não tem nada haver com o que ela ensinou - hahahahahahahahahaahaha...não consegui fazer bonitinho da maneira dela. Mas deixo o meu apenas para diversão dos que verão!!! huahauahuahauauaha...

Beijokass!!!!


  


video

Esperar é Caminhar

A parte final é a cereja do bolo. Marcos Almeida (vocalista da banda - Palavrantiga)  nesta faixa canta com o coração, com a alma, sob o olhar dos sentidos. 

Um clássico. É assim que eu vejo “Esperar é Caminhar”. A letra funciona como aquelas do parnasianismo onde o verso já tem uma cor musical, pois vai girando até chegar à ideia do primeiro verso. Aqui está uma canção construída sob uma textura eclesiástica. Lá estão as sétimas (tensão musical muito utilizada nas canções evangélicas dentro das igrejas, às vezes à exaustão), as passagens dramáticas, as preparações, enfim, todos os ingredientes de músicas de forte apelo emocional. E temos aqui a grande interpretação de todo o disco.

 

Palavrantia - Esperar é Caminhar.

Diário Fotográfico #13 - A história de Lore Sampalho

"Eu, feito uma gema
Me desmilinguindo toda
Ao som do blues"